Como aliar o cubo mágico ao aprendizado e raciocínio

Outrora uma simples diversão, o cubo mágico virou, de uns tempos pra cá, um aliado no aprendizado de crianças de adolescentes. Acontece que até uns anos atrás, as pessoas não associavam a ludicidade à ajuda que ele poderia dar nas aulas de matemática e no raciocínio lógico, por exemplo.  Muitas pessoas ainda não conhecem todos os benefícios desse brinquedo tão simples, por isso, vamos listar alguns: Segundo o professor de medicina comportamental da Universidade Federal de São Paulo, Geraldo Possendoro, resolver um cubo mágico estimula a região pré-frontal do cérebro, responsável pelas interpretações de texto e/ou exercícios, planejamento e aprendizado por tentativa e erro. Treinando essas habilidades, maiores as conexões entre os neurônios do indivíduo; Ajuda para trabalhar a memória, visto que é necessário memorizar os últimos movimentos e cores encaixadas; Potencialização da concentração, pois para a resolução é preciso que não haja distrações externas; Esse brinquedo foi criado pelo professor de arquitetura Erno Rubik, para auxiliar seus alunos no estudo de figuras tridimensionais. Portanto, todos que brincam com o cubo mágico também acabam entendendo o contexto de formas geométricas e conceitos matemáticos aplicados nela; O mais importante benefício é o aumento da autoestima. Considerado um desafio, resolvê-lo pode elevar a confiança, afetando positivamente diversas áreas da vida.  Se você se interessa pela arte do cubo mágico, teremos um torneio de cubo mágico no durante o evento Rock And Games Party, que irá acontecer no dia 28/07, no Clay Highway. Saiba todas as informações aqui.  Já conhece nossa escola? Confira nossos cursos presenciais e online aqui.

Gamescola marcou presença no Rota Geek e Vila Nerd em abril

Abril foi um mês especial para a Gamescola, no quesito eventos. Marcamos presença em dois: Rota Geek e Vila Nerd, em Curitiba. Confira como foi:  ROTA GEEK A parceria entre o Rotary Distrito 4730, Celepar e Pequeno Cotolengo resultou em dois eventos, entre eles o Rota Geek, no dia 21 de abril. Este contou com uma programação repleta de jogos, fliperamas, quadrinhos e cultura pop em geral, com muitas oficinas e atividades para conhecer artistas e empresas, em um festival inclusivo e diversificado. VILA NERD O portal Vila Nerd nos presenteou, no dia 28 de abril, com o projeto Feira Vila Nerd. No espaço da Aldeia Coworking, no Shopping Estação, contamos com vários estandes com produtos geek, oficinas de jogos, concurso de cosplay, arco e flecha e artistas que representam o cenário nerd curitibano.  Em ambos os eventos, apresentamos a Gamescola e nosso primeiro jogo, Keys & Kastles, em uma demonstração gratuita para os visitantes.  Foi uma ótima oportunidade para todos que ainda não conhecem, conhecerem nosso trabalho, termos um contato direto com nosso público, além do networking com diversos potenciais parceiros de negócios.  Participar ativamente e ajudar a construir o cenário geek curitibano é gratificante para nós, pois estamos dando os primeiros passos para mostrar que nossa cidade tem potencial e um público gigantesco para prestigiar eventos desse tipo, com uma magnitude cada vez maior.  Ficamos muito honrados e orgulhosos com os convites dos organizadores. Isso nos motiva cada vez mais a continuar com nosso trabalho, mudando vidas e tornando o aprendizado ainda mais divertido e desafiador ao mesmo tempo.  Já conhece nosso jogo? Keys & Kastles foi desenvolvido por um dos nossos instrutores, que também já sentou nas cadeiras da Gamescola, como aluno. Você pode comprá-lo aqui.  Quer saber mais novidades e eventos da Gamescola? Fique de olho no nosso Instagram.

Jogos como atrativos para o aprendizado de crianças e adolescentes

Muitas pessoas associam jogos digitais como uma distração para os estudos, um passatempo improdutivo.  Porém, não podemos fugir da inclusão digital e isso envolve trazer a tecnologia – inclusive dos jogos – para dentro da educação.  Os jogos digitais podem ser muito benéficos e até mesmo atrativos para o aprendizado de crianças e adolescentes. Para mostrar isso, vamos dividir em duas categorias: jogos digitais casuais e jogos digitais educativos Jogos digitais casuais Os clássicos jogos de videogame que encontramos por aí podem ser aliados no aprendizado.  Além de explorar e desenvolver habilidades como trabalho em equipe, microgerenciamento, raciocínio lógico e comunicação, muito deles podem ensinar História, como é o caso de “Assassin’s Creed” e “A Plague Tale”; questões sociais com “Life Is Strange”; Geografia na prática, em jogos de gerenciamento como “Tropico” e “Cities Skylines”; além de muitos abrirem a possibilidade do aluno estudar outro idioma, seja por darem essa opção de localização ou por simplesmente não estarem disponíveis em português.  Claro, é preciso sempre dosar. A classificação etária não é somente um enfeite nos jogos. Muitas cenas, linguagens e até mecânicas de jogos podem ser inapropriadas para certas faixas etárias. Portanto, a supervisão dos responsáveis para que horários e outros limites não sejam extrapolados é fundamental.  Jogos educativos Do outro lado, temos os jogos educativos, aqueles que possuem em sua narrativa os conteúdos do currículo escolar, porém, de forma mais lúdica que nos livros e apostilas.  Esses jogos tornam o saber mais dinâmico e divertido para, pois no momento em que jogam e elaboram estratégias para cumprir o objetivo traçado, estão sendo os protagonistas do seu próprio aprendizado.  Sabendo utilizar o videogame, tablet ou celular para unir os jogos com a educação, todo o aprendizado torna-se mais prazeroso para pais e alunos e consequentemente, o êxito nas notas e melhor absorção do conteúdo para lidar inclusive com situações cotidianas, estará bem mais próximo.  Você sabia que seus filhos podem aprender mais como funcionam os jogos que tanto gostam, inclusive fazer o seu próprio? Nossos cursos podem ajudar nisso! Conheça clicando aqui.

Instrutor Max Porto lança seu primeiro livro

O poeta cubano José Martí disse uma frase que foi popularmente editada e é muito utilizada: “Plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro: três coisas que toda pessoa deve fazer durante a vida”. Quem já está colocando tudo isso em prática é nosso instrutor Max Porto. Ele é pai da Luna, já plantou uma árvore e agora lança seu primeiro livro. Além disso, como instrutor na GAMEscola, ele planta a semente do conhecimento em nossos alunos a cada aula. Max também é um talentoso artista plástico e ilustrador. Em sua trajetória, ele conquistou a vitória no BBB como o maior jogador de todos os tempos. Esta é a primeira vez na história do programa em que um campeão do BBB decide quebrar o silêncio e revelar, em uma série literária de três volumes, tudo o que se passou com ele desde o início, incluindo o processo seletivo, o período durante o programa e o pós-programa, com detalhes jamais revelados! O primeiro livro do Max Porto já está disponível para pré-compra. Para adquirir uma cópia com dedicatória, basta clicar no link abaixo.👇🏻 COMPRE AQUI!!!

A importância da UI, UX e acessibilidade nos jogos digitais

Ao desenvolvermos um jogo, independente da plataforma, o foco maior geralmente está nos gráficos, personagens, jogabilidade, artefatos e mapas. Ainda assim, muitas pessoas esquecem de uma área importante e que pode ser um divisor de águas na satisfação do jogador: a interface e acessibilidade, ou UX e UI.  Mas afinal, o que é UX e UI? Antes de tudo, precisamos conceitualizar esses termos.  UX (user experience) está ligada à experiência do usuário na utilização do produto ou serviço. Como ele irá se sentir após utilizar aquilo? Quais emoções ficarão em evidência? Ele deve observar e sacar alguma coisa? Todas essas questões estão relacionadas à UX. Já a UI (user interface) é a arte de desenhar uma interface de fácil compreensão, onde o fluxo do usuário deve ser bem entendido e não gerar dúvidas.  Em um jogo, temos exemplos como: “onde ir para ver o inventário?”, “onde salvar o jogo?”, “como carregar um jogo salvo anteriormente?”, “onde clico para trocar minha armadura?” e coisas do gênero. O caminho de onde o usuário está até o ponto final deve ser de simples entendimento para qualquer pessoa que utilize o produto ou serviço. E onde entra a acessibilidade? A acessibilidade é o conjunto de UX e UI desenvolvido para pessoas com algum tipo de deficiência.  Se uma plataforma, produto, serviço ou jogo não contar com legendas para deficientes auditivos, esquema de cores para pessoas com daltonismo e atividades sensoriais para deficientes visuais, por exemplo, está pecando na acessibilidade, excluindo um potencial grupo de usuários que poderia fazer uso deste produto.  A importância de considerar e focar em acessibilidade Segundo dados do IBGE de 2022, no Brasil já são 18,6 milhões de pessoas acima de 2 anos de idade com algum tipo de deficiência.  Uma grande parte dessas pessoas utilizam sozinhos aplicativos de banco, lojas virtuais e claro, videogames.  Para tornar o jogo mais inclusivo, é muito importante que ele sirva a todas as pessoas e que gere a mesma experiência agradável, independente das configurações que o jogador utilize.  Não há nada pior que um menu confuso, textos soltos e o jogador demorando para realizar ações simples como trocar um equipamento no meio do combate ou simplesmente andar para frente para iniciar uma jogada.  Portanto, UX, UI e acessibilidade devem andar de mãos dadas, garantindo uma experiência satisfatória para todos os grupos, independentemente das suas limitações e habilidades. Garantindo essa fluidez, o máximo de diversão será extraído dali, gerando engajamento do seu público-alvo e consequentemente, o sucesso do seu jogo. Quem sabe seu filho ou você mesmo não se interesse em se aprofundar nessa área, que está muito em alta no mercado de tecnologia? Aqui, ensinamos você a se preparar para o futuro. Venha nos conhecer!

GAMESCOM LATAM ABRE INSCRIÇOES PARA O PITCH@GAMESCOM LATAM

O maior evento de games do mundo, a Gamescom, chegará ao Brasil para sua primeira edição trazendo novidades interessantes para desenvolvedores independentes.  O Pitch@Gamescom Latam é uma parceria do evento com a ABRAGAMES (Associação Brasileira dos Jogos Digitais) e a Brazil Games, com o objetivo de desenvolvedores independentes apresentarem seus pitches e concorrerem a um investimento financeiro para o jogo.  O júri será composto por integrantes de estúdios, publishers e investidores em geral. Os competidores terão 5 minutos no palco para apresentar o pitch e convencer os jurados.  Obviamente, algumas regras deverão ser seguidas, tais como: Serão aceitos somente projetos da América Latina; O pitch e o projeto devem ser escritos e enviados em INGLÊS; O jogo não pode ter sido lançado publicamente; Deve ser compatível para PC e/ou console; É necessário um preço de venda para o consumidor, entre outras. O vencedor ganhará, além do investimento em seu projeto, um troféu, um passaporte Business para a Gamescom 2025 e espaço garantido na Gamescom Latam Panorama Brasil ou na Área Indie do evento, também em 2025.  Outras regras do edital podem ser conferidas no site oficial. As inscrições serão aceitas até o dia 5 de maio.   A Gamescom Latam acontecerá entre os dias 26 e 31 de junho, no São Paulo Expo. Os ingressos já estão disponíveis para venda no site do evento.  Que tal começar a pensar em algum projeto para o próximo ano e buscar investimento, para ter seu jogo lançado para o mundo?

Visitamos a Brasil Game Show – A maior feira de Games da América Latina

No último fim de semana, São Paulo se transformou no epicentro do mundo dos games com a realização da Brasil Game Show 2023 (BGS 2023). Este evento, que é a maior feira de jogos da América Latina e uma das maiores do mundo, atraiu mais de 300 mil pessoas de todas as idades e regiões do país durante os cinco emocionantes dias do evento. A GAMEscola, esteve presente para não apenas prestigiar o evento, mas também para fazer história na indústria de jogos com a apresentação do seu primeiro jogo como Publisher no palco do SBT Games. O resultado? Uma aventura emocionante e inesquecível para todos os envolvidos! Diversão, Amizade e Games: BGS 2023 Participar da Brasil Game Show foi uma experiência única para a equipe da GAMEscola. Foi uma oportunidade de encontrar pessoas incríveis, fazer parcerias, reencontrar velhos amigos e, o mais importante, nos divertir como nunca antes. Os corredores estavam repletos de entusiastas de jogos, cosplayers e amantes da cultura gamer, criando uma atmosfera verdadeiramente vibrante. Não importa se você é um jogador hardcore ou apenas um entusiasta casual, a BGS é o lugar onde todos se reúnem para celebrar o mundo dos games.   O Momento de Brilhar: Apresentação de “Keys and Kastles” na BGS 2023 O destaque indiscutível da nossa jornada na BGS 2023 foi a apresentação de “Keys and Kastles” no palco do SBT Games. Este é um marco notável para a GAMEscola, que agora está entrando no cenário de publicação de jogos. E não poderíamos estar mais orgulhosos de compartilhar isso com vocês! “Keys and Kastles” é o nosso primeiro título como Publisher, desenvolvido com paixão e dedicação pela talentosa equipe da Dream Baker Studio. Rodrigo Telma, um ex-aluno da GAMEscola que agora é instrutor e desenvolvedor de destaque, arrasou na apresentação, revelando ao mundo um jogo que promete ser uma aventura épica. Keys and Kastles: Uma Prévia Exclusiva Para celebrar este momento especial, queremos compartilhar algo com todos vocês – uma demo jogável de “Keys and Kastles”! Embora o lançamento oficial esteja programado para o início de 2024, estamos entusiasmados em oferecer a você uma prévia do que está por vir. Prepare-se para uma experiência de jogo inigualável, com castelos, chaves e muita diversão. O Legado da BGS: GAMEscola na Brasil Game Show A Brasil Game Show sempre teve um lugar especial em nossa história. Já fomos expositores no passado, vencemos a Brasil Game Jam e agora apresentamos nosso próprio jogo. A sinergia e a sincronicidade que encontramos nesse evento são verdadeiramente incríveis. A BGS é mais do que uma feira de jogos, é onde as paixões dos gamers se unem para criar memórias inesquecíveis. O Que Vem A Seguir? Mal podemos esperar por 2024, quando nos reuniremos novamente na BGS. Estamos ansiosos para compartilhar mais momentos emocionantes e experiências de jogo com todos vocês. Fiquem ligados para mais atualizações emocionantes e, é claro, o lançamento oficial de “Keys and Kastles”! A Brasil Game Show 2023 foi uma jornada incrível para a GAMEscola e para todos os apaixonados por games que se juntaram a nós. Esperamos que vocês tenham aproveitado a nossa visão por trás das cortinas deste evento épico. Até o próximo ano na BGS!

GAMEscola conquista o prêmio Empreendedor Destaque na Assembleia Legislativa do Paraná.

No dia 30/11/2023, o CEO da GAMEscola foi honrado na Assembleia Legislativa do Paraná com o título de Empreendedor Destaque 2023. O evento, marcado por sua grandiosidade, foi meticulosamente organizado pela MON Marketing, e a homenagem foi entregue pessoalmente pelo deputado estadual Alexandre Amaro. O projeto, que visa reconhecer e celebrar o esforço de empreendedores que impactam positivamente a sociedade, destaca a GAMEscola como uma instituição comprometida com a promoção de oportunidades educacionais. Por anos, a GAMEscola realiza o “Vestibulinho Social”, proporcionando bolsas parciais ou integrais, dependendo do desempenho acadêmico, a estudantes de escolas públicas. Essa iniciativa tem como objetivo democratizar o acesso ao ensino de novas profissões. Além do compromisso com a educação, a GAMEscola realiza palestras sobre temas importantes e que merecem muito nossa atenção, como: cyberbullying, técnicas curriculares e a utilização eficaz do LinkedIn. Estas palestras são realizadas para alunos de escolas públicas, reforçando o compromisso da instituição com o desenvolvimento integral dos estudantes. O projeto da GAMEscola não se limita apenas aos alunos, nós reconhecemos a importância dos professores nas escolas estaduais. Temos um trabalho motivacional dedicado aos educadores, reconhecendo o papel crucial que desempenham na formação das próximas gerações. Todos esses trabalhos são realizados gratuitamente nas escolas públicas do Paraná, acreditamos muito no impacto socioeducacional a partir do que estamos fazendo. O reconhecimento recebido na Assembleia Legislativa não apenas valida, mas ressalta a seriedade e qualidade do trabalho desenvolvido pela GAMEscola. Toda a equipe, agradece imensamente a Mon Marketing, Andressa Coelli, Luan Coelli, e ao deputado Alexandre Amaro por este momento. Esse prêmio é mais do que uma distinção, é um testemunho do comprometimento da GAMEscola com o futuro do país e do estado do Paraná. Isso eleva não apenas a instituição, mas também ressalta a importância de investir em educação e no desenvolvimento de iniciativas que moldam positivamente o futuro da sociedade. A GAMEscola está determinada a continuar sua missão de proporcionar oportunidades educacionais e contribuir para o avanço da educação no Brasil, inspirando não apenas seus alunos, mas toda a comunidade ao seu redor. Juntos, vamos construir o futuro!

Five Nights at Freddy’s – O filme, o jogo e a inspiração!

Você já ouviu falar de Five Nights at Freddy’s? Se você é fã de jogos de terror, provavelmente sim. Mas se você não conhece, prepare-se para descobrir um fenômeno mundial que começou com um simples jogo independente e se tornou uma franquia multimilionária, com livros, brinquedos e agora com um filme que está sendo um sucesso pelo mundo todo arrecadando em sua primeira semana mais de 200 milhões de dólares e é o segundo filme baseado em um jogo com mais bilheteria na história do cinema. O jogo Five Nights at Freddy’s é um jogo de terror de sobrevivência criado por Scott Cawthon em 2014, usando a plataforma Fusion 2.5 da Click Team. O jogo foi lançado de forma independente, sem o apoio de nenhuma grande empresa ou editora, e se tornou um sucesso instantâneo, graças à sua jogabilidade simples, mas desafiadora, e à sua atmosfera sombria e imersiva. O jogo se inspira em jogos clássicos de terror, como Alone in the Dark, Resident Evil e Silent Hill, mas também traz elementos originais, como o uso das câmeras de segurança, as limitações de recursos e a ausência de armas. O jogo também se destaca pela sua história, que é contada de forma indireta, através de pistas, diálogos, jornais e easter eggs, deixando a cargo do jogador interpretar e montar o quebra-cabeça. Five Nights at Freddy’s foi um sucesso de crítica e público, recebendo elogios pela sua jogabilidade, sua atmosfera, sua história e seus personagens. O jogo também gerou uma enorme base de fãs, que criaram diversas teorias, fanarts, fanfics, vídeos, paródias e até jogos inspirados na franquia. O jogo também chamou a atenção de vários youtubers famosos, que fizeram gameplays e reações do jogo, aumentando ainda mais a sua popularidade. O jogo foi tão bem-sucedido que deu origem a uma série de sequências, spin-offs, livros, brinquedos e um filme, que expandiram o universo e a mitologia de Five Nights at Freddy’s. A inspiração Por trás de todo esse sucesso, há uma história de superação e inspiração, que é a do criador de Five Nights at Freddy’s, Scott Cawthon. Scott é um desenvolvedor de jogos independente, que começou a sua carreira em 2002, usando a plataforma Fusion 2.5 da Click Team, a mesma que ele usou para criar FNAF. Antes de se tornar famoso, ele criou vários jogos de diferentes gêneros, como RPG, aventura, plataforma e educação cristã. Porém, nem tudo foi fácil para Scott. Em 2013, ele lançou um jogo chamado Chipper & Sons Lumber Co., que era um jogo de simulação e construção, onde o jogador controlava um castor que tinha que cortar árvores e construir coisas. Scott esperava que o jogo fosse bem recebido, mas ele acabou sendo criticado pelos jogadores, que acharam que os personagens do jogo eram assustadores e pareciam robôs animatrônicos. Scott ficou muito desanimado com as críticas, e chegou a pensar em desistir de fazer jogos. Mas ele não desistiu. Ele decidiu usar as críticas como uma fonte de inspiração, e criou um jogo que usava justamente o conceito de robôs animatrônicos assustadores. Assim nasceu Five Nights at Freddy’s, que foi lançado em 2014, e se tornou um sucesso imediato, mudando a vida de Scott para sempre. Scott é um exemplo de que é possível realizar o sonho de criar jogos, mesmo sem ter o apoio de grandes empresas ou recursos. Ele usou a sua criatividade, a sua persistência e a sua paixão para transformar uma ideia simples em uma obra de arte, que conquistou milhões de fãs pelo mundo. Ele também é um exemplo de que é possível aprender a fazer jogos usando ferramentas acessíveis e fáceis de usar, como a Fusion 2.5 da Click Team, que é a mesma que a GAMEscola ensina no seu curso de Desenvolvimento de Jogos. A GAMEscola tem como missão ensinar as habilidades do futuro, de forma divertida e prática, usando os jogos como ferramenta de aprendizagem. A GAMEscola acredita que qualquer pessoa pode criar jogos, e que os jogos podem mudar o mundo. Se você se inspirou com a história do Scott Cawthon, e quer aprender a fazer jogos como ele, não perca tempo e se inscreva na GAMEscola. No curso de Desenvolvimento de Jogos, você vai aprender a mesma plataforma que ele usou para criar Five Nights at Freddy’s, e que permite criar jogos de vários gêneros, como terror, ação, aventura, puzzle, plataforma e muito mais. Você também vai aprender os conceitos básicos de programação, design, arte, som, narrativa e lógica, que são essenciais para qualquer desenvolvedor de jogos. Não importa se você é iniciante ou avançado, se você tem 8 ou 80 anos, se você quer fazer jogos por hobby ou por profissão, a GAMEscola tem o curso certo para você. Você vai aprender no seu ritmo, com professores qualificados e experientes, que vão te acompanhar e te orientar em cada etapa do seu aprendizado. Você também vai ter acesso a uma comunidade de alunos e professores, que vão te apoiar e te motivar a continuar aprendendo e criando. A GAMEscola também possui uma Publisher de jogos e conosco o seu jogo estará ainda mais perto de ser lançado. Não deixe o seu sonho de fazer jogos para depois. Comece hoje mesmo a sua jornada na GAMEscola, e descubra o seu potencial como desenvolvedor de jogos. Quem sabe você não é o próximo Scott Cawthon, e cria o próximo sucesso mundial dos jogos? Para se inscrever no curso de Desenvolvimento de Jogos da GAMEscola, CLIQUE AQUI. Espero que você tenha gostado dessa postagem, e que ela tenha te inspirado a seguir o seu sonho de fazer jogos. Se você gostou, compartilhe com os seus amigos, e deixe o seu comentário. E não se esqueça de assistir ao filme Five Nights at Freddy’s: O Pesadelo Sem Fim, que está em cartaz nos cinemas e no streaming. É um filme que vale a pena ver, e que vai te dar muitos sustos e emoções. Até a próxima! 😊

Instrutor da GAMEscola faz parte de time campeão em série premiada da Globo Play

A GAMEscola está em festa! É com imenso orgulho e empolgação que compartilhamos a emocionante notícia da vitória de “Vamos Brincar com a Turma da Mônica” do estúdio Hype Animation no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, na categoria de Melhor Série de Animação. Este é um marco histórico para todos os integrantes da equipe que trabalhou arduamente na animação. A série “Vamos Brincar com a Turma da Mônica” foi agraciada com o mais prestigiado prêmio do cinema brasileiro, e isso não seria possível sem o talento, a paixão e a dedicação de toda a equipe excepcional. Um de nossos instrutores, Nicholas, teve um papel fundamental nessa jornada triunfante, desempenhando um papel importante na produção da série. Ele ministra aulas de Unity na GAMEscola e é parte integrante dessa equipe campeã. Nicholas desempenhou um papel crucial no projeto, trabalhando na equipe de processos de layout 3D. Foi ele o responsável por dar vida às câmeras, criando os ângulos e movimentos que tornaram cada episódio uma verdadeira obra de arte visual. Além disso, sua expertise também foi aplicada na blocagem das animações dos personagens, garantindo que cada movimento fosse perfeito e cativante. Esta conquista é um tributo ao árduo trabalho e à dedicação incansável de toda equipe da Hype Animation. Cada episódio, cada frame, é o resultado de um esforço coletivo que agora é recompensado com esse prêmio tão especial. A Hype Animation se pronunciou: “Queremos expressar nossa profunda gratidão à MSP por sua confiança e parceria ao longo desta jornada emocionante. Este prêmio é um reflexo do poder da colaboração e do amor pelo que fazemos. É uma conquista para todos nós!” disse a Hype Animation em uma postagem no LinkedIn. Aproveite para assistir ao incrível trabalho de “Vamos Brincar com a Turma da Mônica” e celebre conosco esta conquista notável. Os episódios já estão disponíveis na Globoplay e podem ser acessados CLICANDO AQUI. Nós da GAMEscola queremos também parabenizar nosso instrutor, Nicholas, que antes de se tornar instrutor, foi um aluno dedicado na GAMEscola. Sua jornada de sucesso e desenvolvimento nos enche de orgulho a cada passo. Ele é um exemplo brilhante de como os sonhos podem se tornar realidade com esforço e dedicação. Na GAMEscola, acreditamos no potencial ilimitado de nossos alunos e instrutores. Como Nicholas, todos podem alcançar suas metas e construir um futuro brilhante na indústria de jogos e animação. Juntos, podemos fazer história e criar o extraordinário. Faça como o Nicholas! Venha para a GAMEscola, juntos vamos construir o futuro!

plugins premium WordPress